-
Iniciativa ADRIMINHO
-

CLDS Valença 4G

Promover a inclusão social de grupos populacionais que revelem maiores níveis de fragilidade social.

 

 

 

 

 

OBJETIVO

Os Contratos Locais de Desenvolvimento Social (CLDS) de 4ª Geração tem como objetivo promover a inclusão social de grupos populacionais que revelem maiores níveis de fragilidade social num determinado território, mobilizando para o efeito a ação integrada de diferentes agentes e recursos localmente disponíveis, constituindo-se como um instrumento de combate à exclusão social fortemente marcado por uma intervenção de proximidade realizada em parceria, de forma a:

 

  • Aumentar os níveis de coesão social dos concelhos objeto de intervenção dinamizando a alteração da sua situação socio-territorial;
  • Concentrar a intervenção nos grupos populacionais que em cada território evidenciam fragilidades mais significativas, promovendo a mudança na situação das pessoas tendo em conta os seus fatores de vulnerabilidade;
  • Potenciar a congregação de esforços entre o sector público e o privado na promoção e execução dos projetos através da mobilização de atores locais com diferentes proveniências;
  • Fortalecer a ligação entre as intervenções a desenvolver e os diferentes instrumentos de planeamento existentes de dimensão municipal.

 

EIXOS DE INTERVENÇÃO

As ações no concelho de Valença encontram-se integradas nos seguintes eixos de intervenção:

Eixo II – Intervenção familiar e parental, preventiva da pobreza infantil;

Eixo III – Promoção do envelhecimento ativo e apoio à população idosa;

Os eixos de intervenção concretizam-se em ações a desenvolver no território:

Ações do Eixo 2

As ações obrigatórias no âmbito do eixo 2 consistem em:

a) Em ações dirigidas, prioritariamente, aos agregados familiares de baixos rendimentos com crianças, com o propósito de os apoiar:

      i) Em processos de qualificação familiar, designadamente os que propiciam a informação sobre os seus direitos de cidadania, o desenvolvimento de competências dos respetivos elementos e de aconselhamento em situação de crise;

     ii) Na mediação dos conflitos familiares, em articulação com as equipas que intervêm com as famílias e/ou as suas crianças, promovendo a proteção e promoção dos direitos das crianças e jovens;

b) Em ações de mobilização das crianças e jovens, em especial as que pertencem a agregados de baixos rendimentos, promovendo estilos de vida saudáveis e a integração na comunidade, nomeadamente através da participação deste em ações nos domínios: da saúde, do desporto, da cultura e da educação para uma cidadania plena.

Ações do Eixo 3

As ações obrigatórias no âmbito do eixo 3 consistem em:

a) Ações socioculturais que promovam o envelhecimento ativo e a autonomia das pessoas idosas;

b) Ações de combate à solidão e ao isolamento;

c) Desenvolvimento de projetos de voluntariado vocacionados para o trabalho com populações envelhecidas.

 

EQUIPA TÉCNICA

O projeto, que teve início em agosto de 2020, será executado ao longo de 36 meses e conta com uma Equipa Técnica de três elementos:

Coordenadora Técnica: Salete Samico

Responsável Técnica do Eixo II: Susana Fagundes

Responsável Técnica do Eixo III: Cristina Ribeiro

 

Contactos:

E-mails:

salete.samico@adriminho.pt

susana.fagundes@adriminho.pt

cristina.ribeiro@adriminho.pt

Telemóvel:

CLDS Valença 4G – 910 987 933